você quer ser um discípulo de Cristo? I

salgado2

“Dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome sua cruz e siga-me”.

Lucas 9:23

O logos divino, a base para o discipulado

Com um olhar focado nas escrituras, buscaremos destacar as realidades encontradas, que demonstram o pensar neo-testamentário sobre o discipulado. O novo testamento nos revela que, no inicio do discipulado, existe um elemento fundamental para que o mesmo ocorra na prática. Porém este elemento é posterior à vocação e ao Logos da vida, que nos confere o dínamo para exercer uma resposta a esta vocação.

Tendo como fato incontestável que a palavra de Deus, sendo pronunciada, é a geradora primária de todo o movimento discipulador, podemos destacar então, este, como o grande motivo pelo qual faz-se necessário observarmos antes do discípulo e do discipulado, a palavra de Deus sendo proferida “Disse-lhes Jesus: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens.”Mt 4:19, sem a qual os outros dois, discípulo e discipulado, não existiriam. Só então, posterior ao logos, tem início todo o processo discipulatório, pois sem a vocação divina, não há discipulado.

Posteriormente à vocação de Deus, surge então o elemento indispensável que citamos acima; este elemento é o segundo fator essencial para que a dinâmica do discipulado entre em movimento. Podemos percebê-lo no evangelho de Lucas, no capítulo 9 verso 23. Trata-se da transposição de uma ação monérgica da vocação em si, feita por Deus, para uma ação sinérgica, que envolve agora a pessoalidade do discípulo, onde lhe é dada a liberdade de expressar sua vontade dentro do processo de discipulado.

Seja feita a tua vontade.

“…Se alguém quer vir após mim,…” Lucas 9:23.As escrituras não nos mostram Jesus Cristo forçando ninguém ao discipulado, antes conferia àqueles que eram candidatos a aprendiz de Cristo, uma decisão moral livre, ou seja, para que o discipulado ocorresse de fato, o indivíduo teria que querer, caso contrário não haveria discipulado.

Isto é o que deixa claro Jesus quando diz: “…se alguém quer…”, sabemos que Deus pode todas as coisas, e que sua vontade não pode ser contrariada, afinal de contas Ele é Deus. Mas Deus revelado em Cristo Jesus, não violenta vontades, antes, revela-se um cavalheiro, e mesmo tendo todo poder, abre mão dessa condição, para ouvir a vontade do fraco. E saber se ele quer ser seu aprendiz, para dar início ao discipulado.

A honestidade da vocação

Tendo como parâmetro ainda o texto de Lucas 9:23, podemos destacar outra característica importante que os evangelhos nos mostram, como fator fundamental do discipulado. Esta característica, está intrinsecamente ligada ao caráter de Jesus Cristo o filho de Deus. Trata-se de sua honestidade em relação à vocação. Jesus não usa de expedientes de convencimento, e nem fantasia, ou recorre ao glamour que poderia representar um mestre como Ele, se dedicando a homens comuns, com o objetivo de angariar mais discípulos, definitivamente não.

Antes, Ele se apresenta como alguém desprovido de glória humana quando diz: “…o filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça.” Lucas 9:58 e antecipadamente à qualquer esboço do candidato, o real preço do discipulado é manifestado, “…Negue-se a si mesmo…”Lucas 9:23, para que ninguém venha por engano, ou não possa avaliar corretamente o que uma resposta positiva ao discipulado significaria. Seguir a Cristo e seguir a si mesmo são duas impossibilidades, muitas vezes, obedecer à Deus significa desobedecer a nós mesmos, por isto, não existe a possibilidade de ser discípulo de Cristo sem negar a si mesmo.

Negar nossos sonhos, projetos pessoais, conforto, popularidade, realização profissional, família e negar a própria vida, isto é somente para aqueles que não têm vida em si mesmo, aqueles cujo a vida é Cristo, para que não haja glória no negar-se. Sobre isto Bonhoeffer diz:

Dietrich-Bonhoeffer

(continua…)

Caso queira comentar, esta é a hora!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s